De Olho na Arte de Aprender Arte para Ensinar com Arte

CLAARTES PRODUÇÃO ARTÍSTICA E EDITORIAL

CLÁUDIA RIEG BARON - Artista e Arte Educadora

ATUALIZADO EM 10 FEV 2002

BUSCA

MAPA DO SITE

3.  A LEITURA DE IMAGEM NO ENSINO CONTÍNUO DA ARTE

 3.1    A LEITURA DE IMAGEM E SUA CONTRIBUIÇÃO NAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

 Uma pergunta que ocorre  é como a Leitura de Imagem  de uma obra de Arte pode ajudar a um professor  do Ensino Fundamental a ensinar em sala de aula?

Quando  se olha para uma obra de arte, vê-se um filme, lê-se um livro, observa-se uma pintura ou escultura,  cria-se na mente uma série de pensamentos  que podem ser diferentes a cada vez que se repete a mesma atividade de ver e observar a obra de Arte. Ao ato de observar e produzir pensamentos novos pode ser chamado de Leitura de Imagem. A Leitura de Imagem de uma obra de Arte  pode ser desenvolvida e incrementada permitindo que o observador consiga uma série de informações e significados enriquecendo seus conhecimentos. Percebe-se também que cada pessoa, de acordo com seu repertório e seu modo de vida consegue ver o mesmo filme por exemplo, e interpreta-lo de forma totalmente diferente de uma outra pessoa. Além disso, essa mesma pessoa assistindo o mesmo filme no dia seguinte ou em outro momento, produz uma descrição com idéias bem diferentes das que produziu quando o viu pela primeira vez.

Afinal, o que é uma leitura de Imagem?  Superficialmente é a observação e análise visual, auditiva, táctil, sensorial e ou através de  outros sentidos de uma obra de arte com a posterior produção de uma análise descritiva. Inicialmente  percebe-se a obra finalizada, o resultado do trabalho produzido pelo artista. No momento seguinte inicia-se  uma investigação sobre os meios utilizados pelo artista para produzi-la, e por último busca-se a vida do artista. Os passos acima  diferem de pessoa para pessoa, mas nas aulas de Arte pode-se produzir um caminho para munir os professores do Ensino Fundamental e estes os seus  alunos de informações e detalhes para produzir uma leitura de Imagem mais ampla e profunda, abordando novos detalhes e novas informações.

A importância das informações e dos detalhes que um professor do Ensino Fundamental e ou aluno conseguem explorar em uma composição artística através da observação e da Leitura de Imagem, é que elas são individuais e diferentes para cada profissional e aluno, coincidindo as vezes, e o papel do professor é fazer respeitar a leitura de imagem produzida pelos alunos. O respeito pela opinião dos alunos, o fato de o mesmo poder expô-la para o grande grupo, criam um laço de respeito e consideração entre o professor e o aluno. A conseqüência desse respeito cria no aluno o sentimento de se sentir importante e capaz e assim a motivação e a auto estima se elevam.

Este capítulo, “Leitura de Imagem e sua Fundamentação” descreve diversas atividades de Leitura de Imagem  produzidas pela pesquisadora com o objetivo de oferecer exemplos aos Arte Educadores e professores do Ensino Fundamental das mais diversas disciplinas curriculares, inclusive Artes,  de como explorar uma obra de Arte e os trabalhos dos alunos durante as aulas. A leitura de Imagem oferece caminhos para a pluralidade de idéias e ideologias coexistirem em um mesmo ambiente administrado pelo professor.

Inicialmente a pesquisadora apresenta como fundamental para o processo de leitura de imagem acontecer, o subtítulo “A Troca de Conhecimentos” no qual coloca sua opinião de como produzir um relacionamento benéfico  entre professor e aluno. Em seguida, no subtítulo “Arte, Uma Maneira de Aliviar Tensões”,  apresenta uma atividade desenvolvida com uma aluna especial, que ao aprender pintura produziu  uma Leitura de Imagem de suas próprias obras e em depoimentos apresenta seus sentimentos do momento em que produziu suas obras de Arte. A pesquisadora faz questão de apresentar este trabalho nesta monografia devido a importância que percebe na atitude de integrar pais nas atividades escolares e também apresentar que é possível fazer com que o professor do Ensino Fundamental exercite juntamente com os alunos a atividade de fazer uma leitura de imagem dos trabalhos artísticos produzidos durante as aulas. O professor do Ensino Fundamental exercita junto com os alunos a habilidade de falar sobre o próprio trabalho, mostrar os sentimentos e os motivos que o levaram a produzir dessa forma, e assim pode desenvolver o conhecimento de vender uma idéia e o ato de convencer outras pessoas, valor muito necessário para as pessoas neste novo século.   Outra atividade desenvolvida pela pesquisadora e apresentada através do subtítulo “Mais Arte, Mais Auto-Estima, Mais Aprendizagem” , mostra como é possível  motivar alunos  transformando seu próprio ambiente escolar, partindo do ensino  apresentando uma obra de um artista, a Leitura de Imagem dessa obra e a história desse artista, seguida do fazer artístico.  Após as atividades acima nos quais  explorou-se a  Leitura de Imagem temos diversos exemplos como: A Imagem Fixa na qual realiza-se uma Leitura de Imagem de duas pinturas em óleo sobre tela, a Leitura de Imagem de uma escultura;  a Leitura de Imagem Móvel na qual temos a atividade desenvolvida com o Filme “Bem Amada” (Beloved) filme originado  do romance “Beloved” de Toni Morrisson. A validação das idéias e o suporte que encontramos em diversos autores, ou seja as fundamentações das atividades e das Leituras de Imagens exploradas, são apresentadas dentro dos subtítulos acima relatados. Acreditamos assim oferecer neste capítulo uma opção para enriquecer o repertório dos Arte Educadores em geral e dos professores do Ensino Fundamental em particular, na sua tarefa de educar e ensinar e ao mesmo tempo oferecer uma opção de aperfeiçoamento constante e aprendendo ao lado dos alunos.

 

PÁGINA INICIAL
ESCULTURAS
DESENHO DE ROSTOS
CASAS TÍPICAS
PINTURAS